2021-09-02

Uma homenagem a Alfredo Quintana

A biografia de um homem feliz, bondoso e um dos melhores jogadores de andebol do mundo

Partilhar:

A duração e a dimensão da vida de uma pessoa nem sempre são coincidentes. É o caso da de Alfredo Quintana, o guarda-redes da equipa de andebol do FC Porto e da Seleção Nacional que desapareceu fisicamente a 26 de fevereiro deste ano. Foi um concretizador de sonhos, tanto entre os postes como fora dos pavilhões, que todos diziam ter um coração gigante – o mesmo que o traiu com apenas 32 anos. Esta obra que chega às livrarias de todo o país e às lojas do FC Porto no dia 16 de setembro, e cujos direitos de autor revertem para a família do luso-cubano, é uma biografia, mas também uma homenagem a Alfredo Quintana: Um Guerreiro Extraordinário.

À semelhança da sua vinda para Portugal, também este livro partiu da iniciativa do FC Porto, que encontrou nos jornalistas Ana Filipa Gomes e Rui Guimarães e na assessora de imprensa do clube Joana Moreira as pessoas certas para dar forma ao projeto. Recheado de inúmeros contributos dos que com ele privaram, Alfredo Quintana: Um Guerreiro Extraordinário conta com prefácio de Jorge Nuno Pinto da Costa, testemunhos de familiares amigos e dezenas de colegas, treinadores e dirigentes, bem como com o apoio da Federação de Andebol de Portugal, do Comité Olímpico de Portugal e da Associação de Andebol do Porto.

De milhares de histórias recolhidas, os autores selecionaram e organizaram as que melhor caracterizam o jogador e o ser humano que lutou para se libertar das amarras do regime cubano e, com as camisolas do clube e do país que escolheu como seus, se tornou um dos melhores jogadores de andebol do mundo.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK